• Admin

Pilates na Gravidez: uma gestação saudável e poderosa


Quando uma mulher engravida sempre surge a dúvida: qual tipo de exercício físico eu posso fazer? O primeiro passo é se consultar com seu ou sua obstetra antes de iniciar qualquer atividade para que você e o seu instrutor tenham segurança. Aqui no Respirartes temos muitas experiências especiais com alunas que engravidaram e continuaram se exercitando e se conectando com seus corpos de uma nova forma. Nossa diretora, Tati Malhado, praticou Gyrotonic e Gyrokinesis durante toda a gestação e conta como foi incrível viver esse momento. Quem quiser ler mais sobre a experiência dela dá uma lida na entrevista que postamos aqui no blog há alguns meses!

O Pilates é um dos exercícios mais indicados para grávidas porque não tem atrito e trabalha a respiração e fortalecimento da musculatura do abdômen e assoalho pélvico, importantes para a hora do parto e para ajudar a sustentar o peso do bebê à medida em que vai se desenvolvendo. Como os hormônios deixam os ligamentos mais maleáveis durante a gestação é importante manter a musculatura forte para evitar dores e lesões.

Os exercícios também aliviam as dores nas costas por corrigirem a postura e fortalecerem o adômen, ajudando a diminuir a sobrecarga na lombar. Além disso, também ajudam no equilíbrio, já que com a mudança repentina do corpo, a mulher muitas vezes de sente mais desastrada e desequilibrada! Como os movimentos são feitos com padrões ritmados de respiração, traz grande controle respiratório, importantíssimo para o momento do parto!

Além disso tudo, é importante também que a mulher tenha um momento no dia dedicado para o seu bem-estar, sem se preocupar com outras coisas. Isso aumenta a autoestima, o autoconhecimento e o relaxamento, favorecendo uma gravidez saudável e feliz.


18 visualizações